5 – Uma faca e seus dois gumes – Parte 2

De acordo com o livro Facas e cortes, que já citei no post anterior, a faca segura é uma faca afiada que exige o mínimo de força quando utilizada corretamente.

IMG_20150201_191811651 Certa vez, conversando com um colega de cozinha, ele me ensinou que  faca ruim é que causa os piores ferimentos na cozinha. Então, nesse post  iremos falar de segurança para manusear as facas e técnicas de afiação.

A faca deve ser como uma extensão da mão, o ideal é que segure com  firmeza, e não  force o pulso nos movimentos de corte. Para as tarefas  gerais, eu particularmente  prefiro segurar o gavião da faca com o polegar  e o indicador, deixando os demais  dedos no cabo (3° quadro da foto).

Tenha sempre uma tábua de apoio, que em casa pode ser de madeira, mas  em uma  cozinha profissional deve ser de plástico. Existem tábuas  coloridas para cada classe  de alimento, evitando assim contaminação  cruzada e transmissão de odores. Use  sempre um pano úmido sob a  tábua, para que tenha mais firmeza. As de vidro ou de  pedra podem  danificar o fio da faca, por serem muito duras, porém são super    higiênicas. Eu uso uma de madeira para pães e as de plástico para os  demais  alimentos, e sempre que necessário deixo de molho numa  solução de água sanitária.

Dicas rápidas de segurança:

Quando for passar uma faca para alguém, segure firme pela espinha da  faca e ofereça o cabo para quem vai pegar.

Jamais tente aparar uma faca que cai, deixe cair e somente depois recolha do chão.

Ao andar com uma faca, segure firme pelo cabo e deixe-a paralela ao corpo, com a ponta voltada para baixo.

Depois de usar, lave e guarde imediatamente, caso precise deixar na pia, nunca coloque na cuba, deixe sobre a bancada de apoio da pia, de forma bem visível e com a lâmina virada para a parede, isso vai evitar que se corte quando for pegar coisas dentro da pia.
IMG_20150201_182154913Não guarde facas de corte soltas em gavetas, em casa usamos sistema de  imã, mas o cepo também é legal, pois ocupa pouco espaço e tem todas as  facas à mão quando precisar.

Minha faca de cerâmica não gruda no imã, então ela mora na gaveta de  talheres, na fresta do suporte de talher com a lâmina para baixo, e o cabo  virado para a direita (sou destra).

Se precisar levar uma faca para passear, transporte dentro de uma bainha, ou estojo ou enrole em um pano e prenda com elásticos de dinheiro.

Para afiar, umedeça uma pedra em água, prenda no suporte ou coloque sobre um pano. Comece pelo lado mais grosso da pedra (caso precise ajustar alguma imperfeição da lâmina), depois passe para o lado mais fino. O ângulo ideal para a afiação na pedra é em torno de 15 graus, depende do tamanho da lâmina. Sempre faça o movimento o mesmo número de vezes do lado direito e do lado esquerdo, da ponta da faca até quase encostar no gavião.

Para dar acabamento ao fio, utilize a chaira, com as mesmas orientações acima. Veja o vídeo demonstrativo.

As facas de cerâmicas e as serrilhadas devem ser afiadas por um profissional, com equipamentos específicos.

Comer e ser feliz!

 

Anúncios

2 comentários sobre “5 – Uma faca e seus dois gumes – Parte 2

  1. Só hoje aprendi como se amola uma faca. Fico até constrangida em comentar, pois algo que uma dona de casa deveria saber por uma super necessidade (risos). Adorei a dica do blog, e queria saber se tem como me inteirar das que foram postadas anteriormente 🙂

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s